Primavera, a estação dos gatinhos


Meses atrás estava faltando gatinhos na praça. É verdade, chegamos a ficar com uma lista de espera com mais de 10 nomes que aguardavam anciosamente por um miau. Mas… como nem tudo são flores, é justamente nesta estação que começamos a receber denuncias de gatinhos abandonados.

Na sexta feira, dia 05, fomos resgatar dois bebês com cerca de 30 dias perto da Rua Elgin. Eles são muito ariscos, pois não conviveram com humanos. Com certeza eram em maior número, uma moça falou que um deles havia sido atropelado dias antes… só encontramos dois, pelos menos esses salvamos.  A mãe não foi possível resgatar pois é muito desconfiada e foge quando tentamos pegá-la.

Sábado, na feirinha, foi levado uma ninhada com seis gatinhos seameses de apenas 5 dias que perderam a mãezinha que morreu de infecção tres dias após o parto. Sabemos que é muito difícil a sobrevivencia neste caso e procuramos por uma mãezinha para eles. Duas voluntárias foram com os bebes, que cabem numa caixinha de sapatos, até Braz Cubas e a 1º candidata à mamãe não quis saber deles pois os seus já estavam grandinhos e o leite já está quase secando. Voltamos com eles que se alimentavam com leitinho na seringa. Mas Deus faz tudo de forma surpreendente e no final da tarde, um casal que fora buscar uns gatinhos que ficaram para doação na feirinha, falou que sua gata talvez aceitasse pois estava procurando pelos seus pequenos. Brotou uma nova esperança e lá foram as voluntárias até Cocuera levar os bebês para a possível futura mamãe.

Gente, que coisa linda que é a natureza… os animais nos surpreendem com demonstrações de amor. A Mimi é uma gata linda, que já tem 7 anos. Cheirou a caixinha miou, lambeu os bebes e quando vimos já estava carregando um na boca e deitando para dar o leitinho. Pronto! Já eram seus filhinhos. Foi uma cena linda! Os dois filhinhos dela por serem maiorzinhos ficaram na ONG para adoção, assim ela terá mais leite para os pequenininhos.

Não terminou aí o dia. Após esta vitória, ainda fomos resgatar mais 6 bebes no Clube de Campo. Lindos gatinhos que estão abrigados na casa da voluntária juntos com menininhos resgatados na Rua Elgin.

Em breve castraremos estas mamães, e mais algumas gatas que estão nestes locais pois se elas continuarem se reproduzindo não daremos conta de tantas ninhadas. Está aí a importância da castração que algumas pessoas não entendem. Animal sem lar sofre. Morre atropelado, de fome, de maus tratos… tem que ter um basta neste sofrimento.

Se você quiser ajudar nas castrações destas gatinhas, passe na ONG faça parte do CãoSórcio, ou ainda se puder dar lar provisório para alguns bebês… Se cada um fizer um pouco, vamos reverter a situação.

Agradecemos de coração à Vânia e seu esposo que num ato de solidariedade se propuseram a cuidar dos bebês enquanto mamarem, à gatinha Mimi, que ganhará uma castração após tanto trabalho e dedicação e principalmente a Deus, que faz valer a pena nosso empenho e dedicação.

Mimi viu os bebês e foi logo os enchendo de carinho... Obrigada amiguinha!

Adote um gatinho! De segunda a sexta em horário comercial doação permanente de animais, em nossas feirinhas aos sábados das 10:00 as 17:00, aos domingos das 9:00 as 12:00. Não abandone! Não compre! Pratique o amor, adote!

Uma ótima semana a todos!

2 Respostas so far »

  1. 1

    Natalia Ruiz said,

    Olá, eu já adotei 02 animais com vcs esse semestre um lindo cachorrinho o Sheik e uma gatinha neste final de semana….. Ainda estou tentando ensinar a mijar na areia, huauhauh ta dificil, ela Prefere minha CAMA. uhauhauhhua. mas tdo bem, sei que vai aprender… Então é o seguinte: Ontem a noite minha tia ligou desesperada pq ao voltar pra casa ontem a noiet na Perimetral encontrou 04 filhotes de cachorrinhos, estavam na beira da pista prontos para serem atropelados e ela com dó pegou.. Agora precisamos da sua ajuda, pois ela não tem como ficar com eles, já tem seu cachorro e eu acabeide adotar minha gatinha e meu cachorrinho tem apenas 05 meses tbm.. Sem contar que divido quintal que ainda tem mais um cachorro. Eu quero saber o que vocês podem fazer, se podem ficar com eles e nós nos comprometemos com a ração o que for preciso…

    Vou aguardar uma resposta.. ..
    obrigada

  2. 2

    Cristiane Abreu said,

    Estou muito interessada em adotar um cachorro, mas quero em especial um pincher , pois sempre foi meu sonho ter um, como sempre trabalhei, não podia me dedicar e cuidar então não levei o sonho adiante. Como agora tenho uma filha de 2 anos , não trabalho, quero junto com ela me dedicar a um ser tão especial e ensinar a ela desde cedo o amor pelos animais. O que faço??? Como faço????


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: