O final feliz da Mamãe dos filhotes queimados


Seus filhos são pequenos, indefesos e dependentes de você para tudo. Sem um teto para acolhê-los você escolhe o local que acha mais seguro. E os aconhega com todo amor e carinho. Faz de tudo para que não os falte nada e não vê a hora de vê-los correr fortes e alegres. Mas são tão pequenininhos… Com o amor de mãezinha zelosa os vigia mamar e adormecerem quentinhos juntos ao seu corpo.

Mas aparece um ser covarde, dizem que é um humano… Está jogando um líquido nos bebês, mas por quê ele faz isso? Eles sentirão frio… E que barulho é esse? Latia mas ninguém ouvia… queria poder gritar bem alto por socorro… Ele ateou fogo nos bebês. Os bebês estão em chamas, seus gemidos e chorinhos entram como uma faca no peito da mãe. Não conseguia tirá-los de lá, que desespero assolou o coraçãozinho da Mamãe…

Agora não há mais fogo. Recolheu um dos corpinhos na boca e vagava a procura de ajuda. Alguém haveria de chegar e fazer os cinco filhotes respirar de novo. Chegou um carro, lá dentro tinha dois anjos, dizem que são protetoras… A mamãe viu em seus olhos amor e compaixão. Alguém compartilhou de sua tristeza. Levaram a mamãe desolada, ela não queria. Sua esperança é que os filhotes voltassem à vida.. pobre mamãe!

Ela sofreu para seguir até o fim com a gestação. Nas ruas com sua barriga imensa passou fome, sentiu medo e frio… mas sua preocupação era tê-los em segurança. Tudo o que restou foi dor e sofrimento. Mamas cheias de leite e sem os bebês tão amados para alimentar. Sentiu profundamente a perda.

Seu leite empedrou, mais dor até o fim do tratamento… Enfim os dias foram se passando e o amor e carinho da protetora, um dos anjo lembra? Fez com que ela voltasse a abanar o rabinho. Seres puros sabem valorizar uma segunda chance na vida. E agora estava pronta para recomeçar.

Foi castrada, pois não merece sofrer mais nada parecido. E enfim, num sábado de sol do dia 17 de setembro, Deus mandou uma família para esta cahorrinha, dizem anjo de quatro patas… E agora ela será feliz com uma família que lhe dará amor e o sofrimento ficou para trás.

O porquê de tanta maldade? Não sei explicar. Não consigo nem por um milésimo de segundo ter uma mente tão doentia a ponto de encontrar um motivo que justificasse tamanha maldade.

Aconteceu em Mogi, perto da antiga garagem da Eroles. Sim, aqui pertinho. E nem saiu nos jornais. Não houve manifesto nem punição. Mas os olhos de Deus estão por toda a parte. E esse crime não ficará impune aos Seus olhos.

 

 

Mamãe ficamos muito felizes de ter ido para casa com sua família… seja imensamente feliz!!!

Texto: Fernanda Moreno
Fotos: (1) Daniele Akemi   (2),(3) Priscila Schmidt

https://adoteja.wordpress.com/2011/08/11/vejam-ate-onde-chega-a-crueldade-do-ser-humano/

https://adoteja.wordpress.com/2011/08/12/o-homem-e-o-unico-que-mata-por-prazer/

9 Respostas so far »

  1. 1

    Lydia R C Rodrigues said,

    Como? Que tipo de ser é esse? Falar o que mais? Deus abençoe essa família que entendeu a dor desse animalzinho que, jamais faria coisa semelhante. Deus abençoe vocês todos!

  2. 2

    adoteja said,

    Pois é Lydia, coisas absurdas como essa acontecem.
    O “ser humano” que fez isso pensa que ninguém viu, mas mal sabe ele que aos olhos de Deus nada escapa.
    Por isso a castração é tão importante, assim animais não ficam desprotegidos a mercê da maldade dos homens.

  3. 3

    Andreza said,

    Aiiiiiiii q lindoooooo, muito feliz por ela ter sido adotada e saber que daqui pra frente ela vai enfim ser feliz e viver longe de seres desse tipo q nem pode ser chamado de gente!! Muito mais muito feliz por elaaa!

  4. 4

    Agda said,

    O importante é divulgar e aumentar o número de voluntários.
    Não espero muita coisa da Lei Brasileira, mas sim de organizações como a de vocês.
    Parabéns por toda ajuda ja feita e pelas próximas.

  5. 5

    adoteja said,

    Obrigada Agda!

  6. 6

    maria do carmo said,

    Por incrivel que possa parecer, eu fiquei sabendo desse caso através de uma amiga. Ela contou que a cunhada e alguns familiares sentiram um cheiro estranho (carne queimada) e quando foram averiguar viram a cena horrorosa! Eles moram perto da antiga garagem da Eroles. Fiquei inconformada e revoltada. Porque uma barbaridade dessas? Qual o proposito! Mas Deus é justo, pode ter certeza. Aqui se faz aqui se paga! Parabéns para a mãezinha que conseguiu um lar e nunca mais vai presenciar uma cena dessas! Fiquem com Deus!

  7. 7

    […] Aconteceu aqui em Mogi: o final feliz da mamãe dos filhotes queimados (fonte: Adote […]

  8. 8

    Daniela Vieira said,

    Fiquei muito emocionada com essa história e agora muito, mais muito feliz por ela ter encontrado um lar, uma família e todo carinho que ela merece…

    Parabéns a Ong e a família

    Dany

  9. 9

    adoteja said,

    Obrigada Dany! Nós tb ficamos muito contentes e torcemos que ela tenha uma vida muito feliz com sua nova família! Um abraço, Fernanda


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: