Cachorrinhos sortudos!


Vamos falar um pouco dos nossos amigos cães. Poxa, ultimamente tenho postado muito sobre gatos e não quero que isso demonstre discriminação rsrs… Entendam que nossa correria maior no momento está sendo com os felinos. Não tem jeito, é a primavera…

Mas hoje quero dividir com vocês a história (com final feliz) de dois cãezinhos doados pela ONG em abril deste ano:

Sábado de manhã. Como de costume me arrumei e sai para ir à ONG ajudar na feira de adoção. No meu carro, pra variar, transportava três filhotes de gatos para a feira. Quando passei pela Rua dos Vicentinos avistei um cão filhote perdido entre os carros. Não pensei duas vezes, parei o carro e fui ver o cachorro. Perguntei a um senhor se era dele e me disse que estava desde cedo por ali mas não era de ninguém. Peguei o pobrezinho no colo e coloquei no carro. Na ONG vermifuguei, dei ração e água e ele dormiu até o final da tarde.

Não doou. Também pudera, estava magrinho, com pelo maltratado.. “É filho… o jeito é você ir pra casa da tia e voltar semana que vem”. Bora pra casa então. Eu, um cão e dois gatos…

Chegando em casa… Adivinhem!? Minha vizinha veio correndo me avisar que abandonaram um filhote no portão da casa dela (e digamos que ela não é assim muito chegada a bichos…). Lá vai eu buscar o cãozinho. Chegando lá vi que era uma linda menininha. Assustada e faminta.

Pronto. Não faltava mais nada. Cachorrinhos, gatinhos e mais uma vez a maluca da matemática que insiste em errar na vida dos protetores. Você sai de casa com 3, doa 1 e volta com 4. Eita!

Na semana seguinte levei os dois bebês que, diga-se de passagem não me deram um pingo de trabalho. Ficaram amiguinhos e fizeram companhia um para o outro.

Final da tarde, já terminada a feira. Desmontamos tudo, guardamos… deixei os bebês no cercado pois dali já colocaria no carro para ir embora. Passou um rapaz de moto. Perguntou sobre os filhotes. Ficou na dúvida qual levar… disse que buscaria o carro e que já voltaria. Perguntei se em 30 minutos daria tempo pois senão precisaria ir embora.

Nesse meio tempo fui com a Karina e com a Adriana resgatar e filmar um resgate de uma mãe com filhotes abandonados na  Rodoviária. Coisa rápida. Quando voltei o moço que havia falado comigo tinha voltado com a namorada e a mãe. E para minha surpresa decidiu levar os dois.

Nossa, fiquei muito feliz pois vi que eles tinham amor e que cuidariam muito bem. Maravilha! Mais uma, ou melhor, duas adoções felizes!

No começo deste mês recebi o comentário no blog: “Olá! Meu nome é Viviane. Já fui ai com meu namorado em abril e adotamos um casal de cachorrinhos, que por sinal estão enormes e lindos. Se puder me passar seu e-mail mando as fotos deles para vocês verem como eles estão. Admiro demais o trabalho de vocês!! Viviane”

Quando abri o e-mail quase chorei em ver que eram os meus bebês… Tão lindos e amados.

Como é gratificante para nós este feedback, saber que nosso trabalho muda a vida de um animal que estava abandonado e agora tem um lar. Saber que o que fazemos toca também o coração das pessoas. É muito bacana!

“Oláá, Comentei no blog de vocês e estou mandando em anexo fotos dos bebês atuais. As 3 primeiras foram quando chegaram, e as outras já crescidinhos 🙂   O macho chama Théo e a fêmea Sophia    Abraços, Viviane”

Parabéns à família da Viviane por adotar não só um, mas dois e o mais importante, com amor e responsabilidade. Adotar realmente é tudo de bom!!!

Um abraço a todos, ótimo fim de semana,

Fernanda Moreno
 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: