Archive for Ong Adote ja

Adeus Chiquinho…


Hoje partiu para o céu dos cachorros o cãozinho mais feliz do mundo. Ele era feliz mesmo sem andar, mesmo se arrastando e se equilibrando em suas patinhas dianteiras. Seus olhinhos pretos e espertos, a língua de fora e a carinha de malandro deixará saudades.

Chico, o poodle que foi atropelado em Jundiapeba e desde o inicio do ano estava sob os cuidados da voluntaria Viviane. Várias vezes postamos fotos e vídeos dele e da Emily aqui no blog e no face. Em agosto ele foi para Guararema, onde ficou internado para fazer um tratamento para conter sua infecção urinária, fez acupuntura nas perninhas e coluna, fisioterapia, hidroterapia… Enfim, ele recebeu todo o tratamento para assim que melhor, poder fazer a cirurgia de extração de pênis, já que o mesmo estava quebrado e o fazia sentir dores e risco de vida Tivemos que arriscar, era a única chance. A cirurgia foi um sucesso, mas a maior dificuldade dos veterinários estava em conter a euforia do Chico. Ele, todos os dias tirava a sonda, o que ocasionou uma nova infecção que hoje, dia 10/09 o levou a óbito.  Até alguns dias antes ele só demonstrava alegria, era um cão que parecia sorrir para a gente, muito esperto e ativo.

Hoje perdemos uma luta. A luta pela vida do Chico. Fizemos o possível para que ele ficasse bem. Mas Deus quis que fosse assim. Chico, sentiremos muito a sua falta.

http://www.youtube.com/watch?v=NP7aWMTNPwQ&list=UUy243WylnhLl1Rrlzm85-PA&index=1&feature=plcp

 

Agradecemos a todos que ajudaram com fraldinhas, remédios, e principalmente, à veterinária Alessandra Castro (o que essa Dra fez por ele não tem preço), á  Casa do  Fazendeiro de Guararema (ainda nem começamos a pagar o tratamento, obrigada pela confiança, por tudo!) e à Viviane, que com todo o amor cuidou dele.

Fernanda Moreno

Anúncios

Comments (6) »

Emily e Chico: poodlezinhos que não andam


Conheça a história de Emily e Chico. Você vai se emocionar!

Emily e Chico: poodlezinhos que não andam.


Aceitamos doações de fraldinhas (looney tunes tam M). E também precisamos de ajuda para a cirurgia do Chico. Quarta -feira ele fará um ultrasson que custa 115,00. Esse valor conseguimos com o último bazar que fizemos mas a cirurgia a veterinária ainda vai avaliar o caso para dar o preço. Vamos precisar de ajuda para custear esse tratamento e também as sessões de acupuntura da Emily e depois também do Chiquinho.

Quem puder ajudar:  6497-3136.

Leave a comment »

Novas regras de adoção


Queridos, gostaríamos de comunicar a todos que acompanham o nosso trabalho algumas mudanças que ocorrerão na ONG em especial no quisito ADOÇÃO.

Como era? O adotante ia até a ONG portando os documentos de identificação e sendo ele(a) maior de idade estaria apto à adotar após, é claro, de um bate-papo sobre sua casa, o porte do animal, se a família está de acordo… enfim, falávamos sobre a importância da posse responsável sempre ressaltando como OBRIGATÓRIA a castração.

O que observamos (à duras penas)? Que embora a grande maioria cuidem bem do animal ainda há muita resistencia em castrar. Seja porque é macho (e macho na mente de ignorantes não precisam se submeter a isso), ou porque tem “dó” (nos milhares de abandonados que uma ninhada desse animal pode proferir esse ser de mente fechada não tem “dó”). Desculpem, mas para essa última desculpa eu tenho uma explicação mais lógica: dó do dinheiro. Claro, porque 70,00 que usaria para castrar o gato pode ir numa loja comprar um sapatinho que nem tá precisadno tanto assim e deixar o gato prá lá… “é a lei da natureza”. Ou deixar de gastar 100,00 com o cão e torrar essa “economia” numa balada no vaca loca.

Resumindo… não se tem responsabilidade em grande parte dos casos. As pessoas não tem vergonha em serem mentirosas. Sim, porque assinam um Termo se comprometendo a isso e não cumprem a palavra. E quem sai perdendo? Os animais. E também a ONG que tem todo o seu trabalho em vão.

É um soco no estomago pra gente quando ouvimos que aquele animalzinho bonitinho, filhotinho, que doamos na ONG e a familia feliz toda sorridente concordou com todas as cláusulas do termo, vem meses depois a ter uma ninhada e seus filhinhos, ocuparão as gradinhas que um dia sua mãezinha ocupou esperando uma família. A sensação que eu particularmente tenho, é de estar secando gelo, usando outra expressão bem conhecida, dando murro em ponta de faca. Triste.

Pensando nisso, a diretoria da ONG fez uma reunião e a maioria decidiu em cobrar uma taxa de castração. Veja bem, não e taxa de adoção, não é venda de animais…  É um valor que o adotante antecipa sobre uma coisa que inevitavelmente irá acontecer. Castrar seu animal adotado.

O adotante vai continuar apresentando seus docmentos, passar por entrevista e antecipará o valor de R$ 30,00 (trinta Reais), onde será emitido um recibo. Quando chegar a hora de castrar, ele pagará só a diferença. Simples assim.

Doaremos menos? Talves no início sim, mas doaremos com mais qualidade. Chega de achar que nosso trabalho é brincadeira.

Vão falar mal da ONG? Que estamos “vendendo”… pode ser, mas quem liga? Nem sempre somos amados, nosso trabalho muitas vezes é mal interpretado pois muitos não entendem tanto amor pelos bichos (acham que deveríamos laçar crianças na rua). E mesmo fazendo tudo o que está a nosso alcance ainda assim falam mesmo… isso é “normal”. Pessoas estão acostumadas a irem em festas se fartarem e sairem falando mal. Por isso prefiro os bichos, não são falsos.

O que permanece? O animal sai da ONG com um termo que dá direito à uma consulta válida por trinta dias. Agora, além disso, junto a um recibo de adiantamento de castração.

E se o animal já estiver castrado? Valerá como vale-vacina.

E se já estiver castrado e vacinado? O valor nesse caso será revertido para a ONG que já teve todos os gastos com o animal (castração + vacina = 135,00) como ajuda para repor parte das despesas.

E onde será feito o procedimeno da castração? Na Clínica parceira da ONG, É o Bicho.

E se eu quiser castrar no veterinário que estou acostumado a levar meus animais? Ótimo, nossa intenção não é impor o local e sim a castração. Você deverá apresentar uma carta do veterinário, carimbada com seu CRV atestando que já foi efetuado o procedimanto em sua clínica. A ONG irá devolver o dinheiro.

E se eu devolver o animal no período a que tenho direito à adaptação (quinze dias)? O valor ficará de vale veterinário para aquele animal que reverteremos em vacina para o mesmo. O dinheiro não será devolvido. Você não poderá ficar com o animal mas poderá ajudá-lo dessa maneira.

E se eu não tiver condições de castrar, não poderei adotar? NÃO! Animal é como um filho. Quando planejamos ter uma criança pensamos os gastos com fraldas, roupas, leite, médico… o animal não é diferente, embora menos oneroso que uma criança também tem gastos principalmente nos primeiros meses de vida. São três vacinas, vermifugação, castração, fora a necessidade de uma boa ração para que cresça saudável.

O que esperamos com essas mudanças?

Diminuir as adoções por impulso

Melhorar a qualidade das doações

Aumentar o índice de animais adotados-castrados

Oferecer melhor qualidade de vida aos nossos resgatados

Evitar fugas e brigas por conta do cio

Evitar doenças venéreas e canceres causados pela não castração

Evitar o “retrabalho” e desgosto de doar os filhos de um animal adotado na ONG

Diminuir o abandono

A partir desta segunda-feira, dia 18/06/2012 valem as novas regras de adoção. Lembrando que, temos adoção permanente de cães e gatos filhotes e adultos na ONG ADOTE JÁ, de segunda a sexta feira das 10:00 às 18:00 e no sábado das 10:00 às 16:00 (novo horário).A ONG Adote Já está situada à Rua Duarte de Freitas 248, o telefone de contato é 4796-2102.

Certos da compreensão de todos, e após um desabafo,

Deixo  meu abraço, desejando uma ótima semana a todos!

Fernanda Moreno – Voluntária

Comments (6) »

Vamos vencer mais essa!!!


Na ONG Adote Já existe uma plaquinha imaginária escrita “Há vagas para cães adultos abandonados, pode chegar amiguinho” que só os cães enxergam. Duvida? Sempre tem um que vem (geralmente no sábado dia de feira) tomar uma água se servir de ração e fica. Esse ano aconteceu três vezes. Castramos, vacinamos e doamos.
A primeira a ler a placa foi a nossa mascote LATA. Isso há doze anos atrás. Ela entrou no Pet Shop, comeu bastante, e ficou descansando por vários dias. Parecia cansada a Latinha. E nunca mais foi embora. Lata é o nosso xodó, assim como a Maria João e a Cisca também moradoras fixas da ONG já há um bom tempo.
E é muito triste saber que o número 246 da Rua Duarte de Freitas não será mais o endereço das nossas menininhas. E nem mais o nosso endereço tão divulgado nos posts do blog.
É com profunda tristeza que venho informar que a ONG Adote Já terá que entregar o prédio que a acolhe por tantos anos. Temos 30 dias para desocupar o imóvel. O dono não quer renovar o contrato pois construirá um prédio comercial no local.
Vai abaixo as paredes que já acolheram centenas e centenas de animais. Que serviu de abrigo para aqueles que foram deixados à mercê de sua própria sorte e por nós resgatados. O cenário de adoções e histórias com finais felizes.
Ali choramos perdas, celebramos alegrias. Vivemos tantas coisas…
Confesso que não é fácil escrever a respeito, achar as palavras certas.
Mas não é o fim da ONG não. Nós continuaremos com o nosso trabalho e agora mais do que nunca precisamos da compreensão de todos, pois não teremos vagas para recolher animais.
Até nos organizarmos num local fixo novamente só teremos as feiras de adoção e os nossos bichinhos ficarão nas casas os voluntários e protetores da ONG.
Nós somos guerreiros, já passamos por muitas dificuldades e essa será mais uma (embora a maior) que vamos vencer.

Este mês ainda estaremos lá… Se souber de alguém que queira adotar cão ou gato, por favor, indique a ONG. Mais do que nunca nossos amiguinhos precisam de um lar.
Fica aqui nossos esclarecimentos e qualquer novidade avisaremos, bem como novo local de feira de adoção para o próximo mês.
Deus está com a gente, vai dar tudo certo!!!

Fernanda Moreno – em nome de toda a Equipe de Voluntários da ONG

Comments (6) »

CAMPANHA BICHO FELIZ


ONG ADOTE JÁ MOGI DAS CRUZES
CAMPANHA BICHO FELIZ
ASSISTÊNCIA MÉDICA AOS ANIMAIS DE RUA E CARENTES

Conhece alguém que tenha algum animal que esteja em situação precária? Alguma emergência com alguns animais? Com um simples telefonema, saiba que nós poderemos ajudar e você estará ajudando uma vida!
NÃO FAREMOS RESGATES… NÃO TEREMOS COMO FICAR COM ESSES ANIMAIS

Teremos Médicos Veterinários de prontidão e que querem ajudar com algum atendimento gratuito, marcando consultas e atendimentos com hora pré marcada.
Ainda não realizamos cirurgias gratuitas, realizamos consultas pré-agendadas por telefone e campanha de castração a preços reduzidos.
Atendemos somente os animais trazidos em consultório (o proprietário ou protetor entra em contato conosco e informamos o endereço)

A MEDICAÇÃO NÃO ESTÁ INCLUSA

Este programa é para aqueles que realmente não poderão pagar, para isso faremos um monitoramento ok? Sejamos conscientes!

Para este atendimento ligue no 4796-2102.

 

Coordenação: Karina Pirillo
Post: Fernanda Moreno

Comments (4) »

Faça a sua parte


 

Quando encontrar um animal abandonado, cuide dele.
Se foi atropelado ou está adoentado, leve a um veterinário.
Não espere tudo de uma ONG, nós não somos Deus. Quem dera pudéssemos ajudar a todos.
Quando o animal estiver apto para doação (filhotes saudáveis e adultos vacinados e castrados) teremos todo o prazer em ajudar a conseguir um dono. Divulgamos na internet, cedemos espaço na feira de adoção…… Só não podemos recolher todos os cachorros da cidade em nosso minúsculo canil.
Por isso amigos, antes de dizer que se não formos resgatar o animal ele morrerá de fome, de cede, doente… coloque a mão na consciência e pense que se cada um fizer um pouquinho o mundo será muito melhor para os animais.
Não é seu? Também não é nosso, mas fazemos com todo amor. Pois o que nos move é a paixão por uma causa, é a luta para mudar a vida de seres inocentes que sofrem por culpa dos (des)humanos.
Entre ajudar ou simplesmente “lavar as mãos”, a escolha é toda sua. Só não culpe os protetores e as ONGs pelo seu fracasso como gente aqui na terra.
Só quem faz o que fazemos é que sabe a dificulade e a luta que vivemos todos os dias.
 
Fernanda Moreno

Comments (2) »

Castrar ou não castrar? Questão de valores


O cuidado que você tem com seu animal está ligado diretamente a relação de valores.

Valores de sentimentos, de cultura e esclarecimento e por que não dizer valor financeiro?

Muita gente que anda “pagando de bacana” por aí na hora de castrar seu animal diz “não tenho dinheiro”. Ou será que os valores estão invertidos? As prioridades são sempre outras. “Deixa criar, a gente dá um jeito”. Não está na hora de você rever seus valores?

 Com 60,00 não dá nem pra comprar um sapatinho tão bom.

Talvez você vá com seu(sua) namorado(a) no cinema, e gaste muito mais…

 Mas dá para castrar uma gata ou gato e evitar isso:

 

 Com 100,00 você pode comprar uma camisa nova para seu marido…

Com o mesmo valor dá também para comprar uma dessas calças que sairão de moda na próxima estação… 

Ou castrar um(a) cachorrinho(a) e evitar isso:

Castrando seu animal ou até mesmo um animal de rua, você prova que é um cidadão responsável, que cumpre seu dever de zelar pela vida daquele que depende de você e também contribui para com a sociedade evitando o aumento desenfreado de animais abandonados. Animal na rua sofre. Dá para evitar se todo mundo fizer sua parte.

Castrar é dar um benefício para a vida inteira e nem custa tanto assim.

Pense nisso, a responsabilidade é sua!

 

CAMPANHA DE CASTRAÇÃO DA ONG ADOTE JÁ

postado por: Fernanda Moreno

Comments (2) »

%d bloggers like this: